Mulher conta como Deus restaurou seu casamento através da oração

Após enfrentar violência física e verbal, casal passa por um processo de perdão e restauração

Em 04/09/2018 10:56:00 na sessão Brasil

Foto: Gospel Prime

Como será que uma mulher reage quando seu casamento deixa de ser bom? O tema foi abordado durante o programa Noite & Cia da Rede Super, onde Valéria Fernandes conta como conseguiu restaurar seu casamento através da oração.

A entrevistada se casou em 1997 com Evaldo, e viveu feliz durante os primeiros anos dessa união. Ela conta que estava apaixonada e tudo ia bem até a chegada do primeiro filho do casal, Wesley.

Além de brigas, violência física e verbal, Valéria também passou por uma "suposta traição". Depois de sete anos de casamento, o marido passou a se envolver com "outro homem", conforme relatou.

O que fazer quando o casamento não vai bem?

Valéria e o marido se entenderam, temporariamente. Ela relata que quando nasceu Wanessa, a segunda filha, as coisas pioraram ainda mais.

"Eu fiquei assim 16 anos, batendo e apanhando e assim foi, até Deus falar comigo: agora tá na hora de parar com isso, porque você não tá deixando eu agir", ela conta. Valéria disse que "não se casou para separar".

Recaídas, violência e vingança

Quando ela achou que o casamento estava restaurado, aconteceu uma nova traição. "Meu chão se abriu de novo. Lá atrás ele deixou a entender que estava com outra pessoa e agora tem essa mulher no meio da história", ela lembra.

Ela conta que ele economizava dinheiro em casa, a ponto de deixar a família passar necessidade "para gastar com a mulher". "Depois de 18 anos, receber "de presente" que ele tá te traindo...", comentou.

O casal chegou a frequentar a igreja juntos. O marido foi chamado pelo pastor para uma conversa, mas não houve resultado. Durante as brigas, por conta das agressões físicas, Valéria chegou a quebrar a mão do marido. "Eu me transformava", ela revelou. Depois disso, Evaldo passou três dias fora de casa.

"Eu queria me vingar dele, por todas as coisas que ele me fez passar durante esses anos", justifica. Para Valéria, essa era uma forma de amenizar sua dor.

Consequência e solução

Por desejar vingança, Valéria passou a não cuidar bem da filha Wanessa que tinha alguns problemas de saúde. Até chegar o dia em que a menina teve um problema mais sério na visão e necessitou de um transplante de córneas.

Segundo a mãe, Wanessa não precisaria passar por aquela cirurgia, caso tivesse sido tratada anteriormente. A menina fazia tratamento de estrabismo. "Por que eu não cuidei com mais carinho?", ela questionou na época.

"Eu estava disposta a me separar dele e fui na defensoria pública", conta. Mas Valéria foi impedida de ir, ao receber uma ligação da escola, dizendo que a filha estava com fortes dores de cabeça.

Naquele momento, Valéria decidiu cuidar melhor de sua filha e entregar seu casamento nas mãos de Deus. Ela pediu perdão ao marido pelas agressões e os dois se entenderam. Agora ela está confiante em suas orações. "Deus está tratando do meu coração ainda", ela conclui.





Por Olhar Cidade 04/09/2018 10:56:00

Mais notícias da sessão: Brasil


Grupo Olhar Cidade